terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Série: Objetos para devolução

Ele era um homem que vivia tropeçando nos excessos melancólicos. Escondia sua falta atrás do casaco preto, antigo e mofado de professor doutor. Escrevia poesias sedutoras para conquistar, e não fazia questão de ser ético em sua conduta: se fosse preciso mentir, mentia. Certa vez, tentou seduzir uma mulher comprando-lhe os vinhos e os queijos mais caros do mercado – um tropeço no excesso alimentício. Esforço em vão. Os vinhos nem foram abertos e os queijos estragaram, pois o mais importante ele não conseguiu oferecer: a verdade. Queijos e vinhos serão devolvidos para lembrá-lo de que a penúria existe em quem não cumpre com o compromisso ético da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário