quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Uma marca de alegria

Ela fez uma marca no corpo em um dos momentos mais tristes da vida. Escreveu em suas costas "Alegria." Definitivamente não era a alegria daqueles que vivem num mundo ilusório sem dor, pois sempre "desafinou o coro dos contentes." Em uma conversa com uma pessoa querida, ouviu a seguinte frase sobre sua tatuagem: "Essa palavra é a flor do seu silêncio." Ela concordou; era a flor de um silêncio triste querendo florescer num corpo cansado, mas corajoso e renascido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário